segunda-feira, 20 de setembro de 2010

I'm back !

Sabe, há tempos que não postava aqui...Não lembro ao certo qual foi meu último post e nem fiz questão de ver. Não gosto muito de ler os posts, porque são em momentos de muita intensidade e impulso, então posso não concordar com algumas coisas, pois foi escrito em um momento único. Sei lá, escrever é como uma terapia, são coisas que não acho que sejam apropriadas para se contar para as pessoas, alugar seu tempo pois aos olhos dos outros, deve ser bem desinteressante HAHAHA São coisas meio complexas e confusas, não sei se meus amigos ou qualquer outra pessoa conseguiria entender, nem sei se consigo mesmo explicar...O fluxo de ideias e pensamentos são tão fortes que não sei se conseguiria pôr em palavras. E, claro, as pessoas estão tão preocupadas com seus próprios problemas, porque quereriam ouvir os meus ? HA HA Então decidi criar o blog, pra escrever sem pretensão nenhuma, sem ter a obrigação de fazer muito sentido, e quem sabe alguém por aí queira compartilhar essa loucura, não é verdade ? E parece compulsão, quando começo a escrever nao consigo mais parar, vão surgindo mais e mais ideias...

Então acho que o blog é o único lugar em que eu posso escrever o que quiser, sem pessoas me olhando estranho, me achando maluca, dizendo que sempre sou do contra e criticando minhas opiniões...Não sou obrigada a pensar como ninguém, não sou obrigada a simplesmente concordar com a maioria só 'pra ir na onda' e não parar realmente pra pensar e analisar os fatos, não sou obrigada a apenas concordar. Mas muitas pessoas não tem a capacidade de perceber que o mundo é muito maior que suas próprias opiniões e conceitos. Ninguém é dono da verdae absoluta. Na verdade, nem sei se existe uma verdade absoluta.

Falso moralismo, superficialidade...são coisas que me irritam. Concordar que aquilo é errado porque é imoral, ou imoral por ser errado. Mas quem sou eu pra julgar o certo ou o errado ? Então também não gosto e nem acho justo ser julgada por ter algumas opiniões diferentes...Não sei nem porque estou escrevendo sobre isso, mas é algo que me incomoda bastante.

Por muito tempo me calei, só falava quando pediam ou quando era extremamente necessário por medo desse 'preconceito'. Não mereço ser tratada como louca por ter pensamentos intensos, por querer observar e analisar as coisas a minha volta, ter uma opinião sobre e pensar a frente, mais que um simples conceito e sim ver além do que parece. Acho muito mais digno do que ser uma pessoa superficial, que julga por aparências e padrões, e não se dão ao trabalho de analisar. E é isso que está acontecendo, cada vez as pessoas se tornam mais superficiais e isso me assuta. Por isso não são capazes de entender uma pessoa que põe sentimento nas coisas, que acredita que é capaz de enxergar melhor a realidade inserindo sentimentos, não apenas aquilo que a sociedade dita como o certo.

Não estou revoltada, só acho que não vale mais a pena me calar e me cegar...Quero não ter medo da reprovação dos outros, até porque quem tem que ter medo são eles, medo de suas pequenas opiniões os cegarem cada vez mais e não enxergarem o que realmente importa. Portanto, pode me achar maluca, chata que 'fala' demais, do contra, ou qualquer outro tipo de adjetivo superficial, mas não vou mais me calar...Só quero poder me expressar em paz !

Não to pedindo que me ouçam falar, só peço que respeitem minhas opiniões.



Enfim, foi mais um post confuso, mas daqui pra frente vou tentar organizar mais meus pensamentos e me fazer entender. Eu entendo minha confusão, mas acho que sou a única, então né...

Nenhum comentário:

Postar um comentário